Burg Eltz, o castelo de contos de fadas na Alemanha. Foto: Adriana Lage

Burg Eltz: castelos medievais pra visitar na Alemanha

Burg Eltz parece saído de um livro de contos de fadas, um dos castelos medievais mais bem preservados da Alemanha, com múltiplas torres que se erguem em meio à densa floresta no vale próximo ao Rio Mosela.

Portão de entrada de Burg Eltz, Alemanha. Foto: Adriana Lage
A porta para retornar à Idade Média. Foto: Adriana Lage

Começou a ser construído no século IX em lugar estratégico, ao longo de uma das mais importantes rotas comerciais na Alemanha.

Como na época apenas os ricos lordes europeus eram abastados o suficiente para construir castelos sozinhos, os membros de uma mesma família se uniam para a construção de uma fortificação. Pensa que a vida era fácil?

Planeje sua viagem pegando no Pinterest todas as minhas dicas divididas por país ou temas. Acesse este link e me siga para não perder as novidades.

 

Torres e telhados de Burg Eltz, Alemanha. Foto: Adriana Lage
Torres e telhados de Burg Eltz, Alemanha. Foto: Adriana Lage

Cada um desses membros era proprietário de um complexo do castelo para moradia, mas compartilhavam da segurança defensiva da fortificação.

O castelo permaneceu sob o comando da mesma família, sem nunca ter sido destruído em guerras e já está na 33ª geração. Das três famílias herdeiras, uma delas habita parte dele e as outras duas estão abertas ao público.

Inscreva-se em nosso canal no Youtube e inspire-se em nossos vídeos de viagem.

Detalhes do castelo Burg Eltz. Foto: Adriana Lage
Detalhes assustadores. Foto: Adriana Lage

Caminhar pelos seus pátios e salões remete-nos às poesias e filmes antigos de castelos medievais. Parece que vamos encontrar cavaleiros e damas da Idade Média a qualquer instante.

Diferentes estilos arquitetônicos do castelo Burg Eltz. Foto: Adriana Lage
Daqui, percebemos os diferentes estilos arquitetônicos de períodos diversos. Foto: Adriana Lage

Cerca de 100 pessoas moravam no castelo e dividiam-se entre os 100 quartos e salas. A visita guiada conta a história do local e de seus moradores.

Pátio interno de Burg Eltz. Foto: Adriana Lage
Formas, cores e estilos de Burg Eltz. Foto: Adriana Lage

Para chegar a Burg Eltz desde Frankfurt, pegue a estrada em direção a Koblenz margeando o Rio Reno.

Siga pela estrada vicinal em meio a campos e matas verdejantes, pontilhados por pitorescos sítios. São duas horas e meia de viagem e a paisagem da estrada vale a pena.

Deixe o carro no estacionamento e percorra o caminho a pé, cerca de 1,3km, até chegar ao castelo.

Siga @adri.lage no Instagram e acompanhe em tempo real sua viagem de volta ao mundo.

Estrada que leva a Burg Eltz. Foto: Adriana Lage
Dica: vá a pé pela estradinha. Foto: Adriana Lage

Assim você tira fotos de Burg Eltz aninhado no meio do vale e das torres cortando o horizonte, enquanto o vê se aproximando e ganhando tamanho.

O castelo meieval de Burg Eltz no vale. Foto: Adriana Lage
Pequenino, o castelo fica aninhado no vale. Foto: Adriana Lage

Caso prefira, há uma van que leva os visitantes até o pé do castelo, que também pode ser usada para retornar ao estacionamento.

O local também exibe o Tesouro, um pequeno museu com artigos que contam um pouco da história de Burg Eltz.

Viaje mais: Dicas de viagem para a Alemanha

Dicas para visitar o castelo medieval de Burg Eltz

O tour guiado em inglês começa a cada 15 minutos e dura cerca de 40 minutos.

Há dois restaurantes no local que, nos dias quentes de verão, são ótima opção para apreciar a vista e descansar após a visita.

Detalhes do castelo medieval de Burg Eltz, Alemanha. Foto: Adriana Lage
As janelas pintadas de vermelho colorem o cenário em tons pasteis. Foto: Adriana Lage

Quando ir a Burg Eltz

O castelo fica aberto entre fim de março e início de novembro, confirme as datas no site (burg-eltz.de)

Quanto tempo

Se estiver em Frankfurt, reserve um dia para conhecer Burg Eltz. Na volta, pare no charmoso vilarejo de Rudeshheim am Rhein.

Burg Eltz

O quê: castelos medievais na Alemanha

Onde: Wierschem, a 160km de Frankfurt

Viaje mais aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *