Sri Lanka: por que visitar a ilha agora. Foto: Adriana Lage

Sri Lanka: por que visitar a ilha agora

Sri Lanka: por que visitar agora!

Quando pensei em um destino original para conhecer, fora da rota turística batida, o nome Sri Lanka veio à minha mente, seguido de imagens de plantações de chá e muitas florestas. Era tudo o que eu sabia sobre o país.

Lembrei-me, então, do filme No Caminho dos Elefantes (Elephant Walk), um clássico de 1954 estrelado por Liz Taylor, Dana Andrews e Peter Finch. Acrescentei à lista a colonização britânica, a influência indiana e os elefantes. Pronto! Estava decidido. Este seria meu próximo destino.

Imediatamente liguei o computador, comecei as pesquisas e descobri que o Sri Lanka é uma ilha no formato de lágrima ao sudeste da Índia, banhada pelo Oceano Índico.

Sua localização estratégica na rota da seda entre China e Europa transformou-a em ponto importante de passagem para o comércio, atraindo portugueses, holandeses e árabes ao longo dos séculos. Todos deixaram suas marcas, até os ingleses se instalarem definitivamente no início dos anos 1800.

Sri Lanka: por que visitar agora - perder-se no meio dos arbustos do chá mais famoso do mundo em Nuwara Eliya. Foto: Adriana Lage
Sri Lanka: por que visitar agora – perder-se no meio dos arbustos do chá mais famoso do mundo em Nuwara Eliya. Foto: Adriana Lage

A população majoritariamente formada por cingaleses pratica o budismo com rigor. Hoje convive em harmonia com muçulmanos, hindus, católicos, protestantes e a etnia tâmil. Povo minoritário imigrante do sul da Índia, os tâmeis se rebelaram no início dos anos 1980, requerendo as terras do norte para si.

O resultado foi uma longa e sangrenta guerra civil que durou 26 anos. Com o fim dos conflitos em 2009, o país vem lentamente se recuperando e voltando a atrair turistas. Este é o primeiro motivo para você viajar para o Sri Lanka agora:

Planeje sua viagem pegando no Pinterest todas as minhas dicas divididas por país ou temas. Acesse este link e siga o A Camminare para não perder as novidades.
Sri Lanka: por que visitar agora - Templos centenários perfeitos em Anuradhapura, a capital religiosa. Foto: Adriana Lage
Sri Lanka: por que visitar agora – Templos centenários perfeitos em Anuradhapura, a capital religiosa. Foto: Adriana Lage
Subir ao topo da Rocha do Leão em Sigiriya é passeio desafiador no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Subir ao topo da Rocha do Leão em Sigiriya é passeio desafiador no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage

Sri Lanka: por que visitar agora

1. Desbrave um país autêntico ainda pouco explorado

As principais revistas e guias de turismo mundiais elencam o Sri Lanka entre os melhores destinos para visitar nos últimos anos. National Geographic, Lonely Planet, New York Times são algumas.

A recente abertura das fronteiras cingalesas para o turismo significa que você encontrará paisagens intocadas e um povo hospitaleiro verdadeiramente interessado em nos conhecer.

O turismo de massa ainda não aportou nestas terras, uma bênção para viajantes mais exigentes. A oportunidade de visitar sítios arqueológicos tranquilos, sem a aglomeração de turistas comum a destinos semelhantes, foi uma das melhores experiências que eu vivi.

Viaje mais: 9 meses de viagem pelo sudeste asiático: o que eu aprendi

Sri Lanka: por que visitar agora - patrimônios Unesco em Polonnaruwa sem aglomerações. Foto: Adriana Lage
Sri Lanka: por que visitar agora – patrimônios Unesco em Polonnaruwa sem aglomerações. Foto: Adriana Lage
Templos bem preservados na rota do Patrimônio Unesco no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Templos bem preservados na rota do Patrimônio Unesco no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage

2. Mergulhe na história grandiosa

Cidades abandonadas e ruínas bem preservadas narram mais de 2500 anos de história. Declaradas Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, elas esparramam-se na área central do Sri Lanka e formam um corredor turístico fantástico para imergir na história do país.

As Cidades Antigas de Anuradhapura, Sigiriya, Dambulla, Polonnaruwa e Mihintale revelam o passado ostentoso de reinos e impérios poderosos que floresceram quinhentos anos antes de Cristo.

Colinas desenhadas com plantações de chá em Nuwara Eliya, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Sri Lanka: por que visitar agora. Sigiriya, a Machu Picchu cingalesa. Foto: Adriana Lage
Sri Lanka: por que visitar - Dambulla Caves, entre os lugares mais impressionantes que eu conheci no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Sri Lanka: por que visitar – Dambulla Caves, entre os lugares mais impressionantes que eu conheci no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage

Ofertas especiais de hotéis no Sri Lanka

Aproveite estas ofertas no Sri Lanka. Reserve acima de R$ 1.000,00 através do link abaixo e ganhe 1h de consultoria de viagem ao vivo grátis com Adriana Lage para tirar todas as suas dúvidas de viagem.

Booking.com

3. Sinta a espiritualidade budista na sua essência

Praticado por 70% da população, o budismo prevalece como religião principal na constituição cingalesa. Fiéis dedicados seguem rituais e regras rígidas e explicitam sua devoção nos templos ancestrais em meio aos turistas de passagem. Todos descalços, caminhando quilômetros no chão quente cimentado ou de pedrinhas, desde a entrada da área sagrada.

A filosofia prega a importância do amor, da tolerância e da compaixão e de como nossas atitudes influenciam o carma. Qualidades inerentes da população pacífica, amável e solícita.

A cidade sagrada de Anuradhapura, as cavernas pintadas de Dambulla e o Templo do Dente Sagrado em Kandy formam o triângulo sagrado do budismo no Sri Lanka.

 Inscreva-se em nosso canal no Youtube e inspire-se em nossos vídeos de viagem.
Sri Lanka: por que visitar - devoção nos templos budistas
Devoção nos templos budistas no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Noviços e monges em oração no Templo do Dente Sagrado de Buda em Kandy, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Noviços e monges em oração no Templo do Dente Sagrado de Buda em Kandy, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage

4. Beba o melhor chá do mundo na fonte

Mundialmente desejado e um dos principais produtos de exportação do Sri Lanka, o famoso chá do Ceilão abrange mais de 150 anos de história. A erva trazida pelos ingleses fora plantada nas altas colinas da região central, onde o clima ameno permite o crescimento de folhas mais delicadas. Kandy é o berço da lavoura de chá, mas Nuwara Eliya produz as ervas mais finas.

Inúmeras propriedades recebem visitantes para aprender sobre a produção e a variedade de chá, passear nos terraços inclinados e saborear a bebida em cafés com vista para o cenário riscado das plantações. Algumas oferecem hospedagem e chá da tarde completo tipicamente inglês.

Um dos encontros mais marcantes durante toda a minha jornada pela Ásia aconteceu aqui. Interagir com as camponesas tâmeis, as únicas dispostas ao trabalho pesado e barato de colheita das folhas de chá, foi emocionante.

Viaje mais: Chá da tarde: os 7 melhores pelo mundo

Encontro com as colhedoras de chá em Nuwara Eliya, no Sri Lanka, marcou minha vida. Foto: Adriana Lage
Encontro com as colhedoras de chá em Nuwara Eliya, no Sri Lanka, marcou minha vida. Foto: Adriana Lage
Colinas desenhadas com plantações de chá em Nuwara Eliya, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Colinas desenhadas com plantações de chá em Nuwara Eliya, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage

5. Relaxe em refúgios idílicos desertos

Banhada por águas azuis cristalinas do Oceano Índico, a costa do Sri Lanka está cingida de praias de areia fina e coqueiros esvoaçantes. O clima tropical garante sol e calor durante o ano inteiro e favorece atividades náuticas de snorkeling a windsurfing, mergulho a observação de baleias.

Resorts de luxo se multiplicam em cidades como a histórica Galle ou a pacata Mirissa e apostam no cenário de beleza indubitável para atrair casais em lua de mel. Vizinha a Colombo, Negombo é vila pesqueira e base ideal mais próxima do aeroporto internacional.

Siga @adri.lage no Instagram e acompanhe em tempo real sua viagem de volta ao mundo.
The Heritance Negombo, excelente opção de hotel próximo ao aeroporto internacional do Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
The Heritance Negombo, excelente opção de hotel próximo ao aeroporto internacional do Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Pôr do sol em Negombo, cidade praiana e vila pesqueira no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Pôr do sol em Negombo, cidade praiana e vila pesqueira no Sri Lanka. Foto: Adriana Lage

6. Encontre animais selvagens em seu habitat natural

Estima-se que seis mil elefantes andejam nas reservas naturais do Sri Lanka. Minneriya é um dos parques próximos a Polonnaruwa. Agências de turismo oferecem trekkings, safáris e acampamento nas florestas e santuários de vida selvagem.

Um dos países com maior biodiversidade mundial, possui uma das maiores concentrações de leopardos do planeta, no Parque Nacional Yala. Ter a sorte de avistá-los durante sua visita é outra questão. Mais fácil encontrar ursos e búfalos.

Elefantes resgastados recebem cuidados no Orfanato em Pinnawala. Foto: Adriana Lage
Elefantes resgatados recebem cuidados no Orfanato em Pinnawala, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Orfanato de Elefantes em Pinnawala, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Orfanato de Elefantes em Pinnawala, Sri Lanka. Foto: Adriana Lage
Viaje aqui também: 

O que você achou do post Sri Lanka: por que visitar agora? Tem dúvidas ou sugestões? Converse conosco aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *