Roteiro: um dia para visitar Belém em Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage

O que visitar em Belém, Lisboa: Roteiro de um dia

Preparei um roteiro completinho sobre o que visitar em Belém, Lisboa, quando estiver em Portugal. Reserve um dia inteiro. Belém viveu seus momentos de riqueza e glória durante a era do descobrimento no século XVI, quando os corajosos navegadores portugueses partiam daqui para desbravar os oceanos em busca de novas terras. A riqueza trazida do Novo Mundo financiou a construção de diversos edifícios na região e você terá a oportunidade de ver os melhores exemplos do imponente estilo arquitetônico português gótico, chamada Manuelino, prova da magnificência do período sob o reinado de Dom Manuel.

Os principais pontos turísticos de Belém ficam próximos uns aos outros e você pode percorrê-los a pé. A Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos são os dois esplêndidos modelos que enfeitam a margem do rio Tejo, atrações clássicas mandatórias na primeira visita a Lisboa. Eles convivem em harmonia com os centros culturais modernos da cidade, cujas apresentações de arte moderna e contemporânea vão da música, dança, teatro, cinema a óperas e exposições.

O que visitar em Belém, Lisboa

Roteiro de 1 dia

Manhã: Pastéis de Belém, Mosteiro dos Jerônimos e Torre de Belém

Comece o dia saboreando os famosos pastéis de nata da Antiga Fábrica dos Pastéis de Belém, em funcionamento desde 1837, um casarão tipicamente português, com interior decorado de azulejos e madeiras enceradas. Se você chegar cedo, entre 8h e 9h, a fila será menor. Peça vários pastéis no balcão (é impossível comer um só) ou escolha uma mesa numa das salas decoradas com azulejos azuis portugueses. Para acompanhar os pastéis de Belém, adote o hábito local e tome um café expresso, chamado de “bica”.

Visitar Lisboa e não degustar os icônicos pastéis de Belém elaborados artesanalmente pelos monges do Mosteiro dos Jerônimos é, sem dúvida, um sacrilégio. Reza a lenda que um frade confeiteiro anônimo do mosteiro inventou a receita do pastel de massa folhada recheada de creme de gema quente, polvilhado com canela. Na época era comum fazer doces para complementar a receita da igreja e, por isso, as tortinhas doces que parecem empadas estão vinculadas à Antiga Confeitaria, vizinha ao mosteiro.

No post Pastéis de Belém em Lisboa: onde comer o original, você descobre mais sobre a história, curiosidades e dicas da confeitaria.
No balcão, assistindo ao vai e vem dos atendentes na confeitaria dos Pastéis de Belém. Foto: Adriana Lage
No balcão, assistindo ao vai e vem dos atendentes na confeitaria dos Pastéis de Belém. Foto: Adriana Lage

Com energia revigorada, visite o Mosteiro dos Jerônimos, patrimônio da Unesco. O grandioso edifício constitui o supremo exemplo arquitetônico em estilo gótico português (Manuelino), financiado pelo comércio das especiarias e seu claustro também merece uma visita. Aqui descansam o grande explorador português Vasco da Gama e o maior poeta de todos os tempos, Luís de Camões.

Viaje mais: Patrimônios da Unesco pelo mundo

Na saída, faça uma caminhada agradável pelo parque à margem do rio Tejo, passando pelo Monumento ou Padrão dos Descobrimentos. Construído no local de partida das famosas viagens dos descobrimentos, como a de Vasco da Gama à Índia, o monolítico homenageia os bravos homens que entraram para a história. Se quiser, suba o elevador ao topo para ver o Rio Tejo do alto.

Dali, continue até chegar ao cartão-postal de Lisboa, a Torre de Belém¸ fortaleza que serviu de ponto de partida das caravelas. O exemplo mais puro da arquitetura Manuelina, foi construído entre 1514 e 1520 para defender a entrada do porto e é dedicado a São Vicente, o santo patrono de Lisboa.

Mosteiro dos Jerônimos, Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Mosteiro dos Jerônimos, a grande atração de Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Jardim de Belém, o que fazer em Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Jardim de Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Monumento Padrão dos Descobrimentos para visitar em Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Monumento Padrão dos Descobrimentos atração clássica para visitar em Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage

Almoço – restaurantes em Belém

O Vela Latina é um restaurante clássico em Lisboa, junto ao Rio Tejo, ao lado da Torre de Belém. No menu, cozinha tradicional, mediterrânea, ideal para saborear peixes e frutos do mar frescos, acompanhado de vinhos selecionados. O lugar é bastante agradável e pitoresco, com direito a mesas no jardim, brisa do mar e vista singular.

Vela Latina, Doca Do Bom Sucesso Belém, velalatina.pt (12h – 15h, 19h30 – 22h30)

Viaje mais: Top 3: melhores restaurantes em Amsterdã

Tarde: Museu dos Coches e Palácio Nacional da Ajuda

Se você está interessado em história portuguesa, o Museu dos Coches é um passeio cativante pelas carruagens medievais. Em seguida caminhe pelas trilhas sombreadas dos Jardins de Ultramar, atualmente o Jardim Botânico Tropical. Veja o jardim oriental, seus lagos, pontes, hibiscos e o grande portão chinês.

Siga em direção ao Palácio Nacional da Ajuda, antigo palácio real. O edifício é uma pomposa residência real do século XIX, que hoje abriga um museu, com as obras de arte e peças decorativas que abrangem cinco séculos de história. As salas luxuosas são forradas com seda e decoradas com exuberância, dignas de um rei. O ponto alto da visita é a longa sala de banquetes, com afrescos no teto, até hoje usadas em recepções de estado especiais.

Se você prefere arte moderna, concentre a tarde para explorar o Centro Cultural de Belém, em especial o Museu Berardo, que possui uma das coleções de arte moderna mais importantes da Europa, com obras de Picasso a Warhol e da portuguesa Paula Rego.

O Museu do Oriente aberto em 2008 e instalado num antigo armazém de bacalhau conta a história do legado português na Ásia e mostra a cultura dos países asiáticos.

Museu dos Coches, o que visitar em Belém, Lisboa, Portugal. Foto: divulgação
Museu dos Coches, o que visitar em Belém em Lisboa, Portugal. Foto: divulgação

Noite

Localizado no Altis Belém Hotel & Spa, o Cafetaria Mensagem é um restaurante à margem do Rio Tejo com vistas incríveis. Um lugar para relaxar, degustar um bom vinho enquanto escolhe os pratos do menu que reinventa a cozinha portuguesa tradicional. O chef José Cordeiro, que ostenta uma estrela Michelin, trabalha no restaurante vizinho, o Feitoria, também propriedade do hotel, e criou o menu do Mensagem com primazia para oferecer carnes e peixes, além de tipos exóticos de arroz e risotos.

Se ainda tiver pique, confira a programação do Centro Cultural de Belém, o atraente edifício moderno em frente ao mosteiro, bem variada, entre eles música, teatro, dança, filmes e festivais.

Pátio agradável e inspirador do Mensagem, em Belém, Lisboa. Foto: divulgação
Pátio agradável e inspirador do Mensagem, em Belém, Lisboa. Foto: divulgação

Como chegar em Belém, Lisboa

De ônibus (chamado autocarro em Portugal) e bonde elétrico

Vários ônibus passam por Belém e tudo dependerá de onde você estiver. O bonde elétrico n.15 parte a cada 12 minutos, saindo da Baixa, passa pela Praça do Comércio e segue quase margeando o Rio Tejo até Belém. Um dos pontos fica em frente à Antiga Confeitaria dos Pastéis de Belém. O trajeto leva cerca de 30 minutos.

De trem (chamado comboio em Portugal)

O trem suburbano é outra opção para chegar em Belém. A Linha Cascais (laranja) começa na estação Cais do Sodré a cada 30 minutos e depois de 20 minutos você chega à estação Belém.

Dicas sobre o que visitar em Belém, Lisboa, por Adri Lage

1. Às segundas-feiras o Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém estão fechados.

2. Se você não encarou a fila matutina na Antiga Fábrica de Pastéis de Belém, vá após o jantar. A confeitaria fica aberta até 23h e, no verão, até meia-noite.

3. O Lisboa Card te dá acesso sem filas a 26 atrações em Lisboa, uso gratuito de transporte público e descontos em restaurantes. Se vier no verão ou feriado, vale a pena comprá-lo para economizar (muito) tempo em longas filas. Sente o drama na foto abaixo tirada em agosto. Saiba mais e compre seu Lisboa Card aqui.

Torre de Belém: o que visitar em Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Torre de Belém: o que visitar em Belém, Lisboa, Portugal. Foto: Adriana Lage
Planeje sua viagem acompanhando todas as dicas do A Camminare no Pinterest, divididas por país ou temas, e não perca as novidades!

Clique na foto para não perder o artigo O que visitar em Belém, Lisboa, e salve-o no Pinterest para acessá-lo sempre que quiser.

Roteiro: O que visitar em Belém em Lisboa, Portugal
Roteiro: O que visitar em Belém, Lisboa, Portugal
Viaje aqui também:
Melhores empórios do mundo: onde ficam os templos da gastronomia
Burg Eltz: castelos medievais pra visitar na Alemanha
Museu Van Gogh em Amsterdã, guia completo
O que fazer em Viena: Roteiro de 3 dias completo!

Ao contratar os serviços pelos links acima, você paga o mesmo valor, ganha até descontos com alguns parceiros e ainda nos ajuda a manter o site funcionando e atualizado.

O artigo O que visitar em Belém, Lisboa: Roteiro de um dia você viu primeiro aqui no site do A Camminare.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.