Estancia Cristina: 20 fotos pra te convencer a ir a El Calafate

Não cansamos de suspirar com as paisagens de El Calafate e vou te mostrar a Estancia Cristina em fotos para inspirar você a planejar sua viagem à Patagônia Argentina, uma das regiões mais deslumbrantes que eu já vi em toda minha vida de viajante.

A viagem aconteceu em outubro de 2016, logo antes de eu embarcar para o meu ano sabático na Ásia. Fizemos El Calafate, Estancia Cristina e Ushuaia em nove dias e achei que foi o melhor mês para conhecer a região. O tempo estava agradável e ainda não era alta temporada.

Primeiro nos hospedamos em El Calafate, no Eolo Patagônia, hotel boutique dos sonhos onde passamos momentos inesquecíveis. Em seguida, passamos duas noites na Estancia Cristina, no Glaciar Upsala, um hotel-destino para renovar a alma. Os dois integram o exclusivo portfólio de hotéis únicos SulHotels.

Depois embarcamos para mais dois dias em Ushuaia, antes de voltar a São Paulo. Lá, ficamos no Arakur Ushuaia Resort & Spa, famoso por ter hospedado Leo di Caprio durante as últimas filmagens do filme O Regresso.

Neste post revelo algumas das centenas de fotos que tirei na Estancia Cristina, para onde pretendo voltar qualquer hora e espero que você também vá! Daqueles lugares para conhecer uma vez na vida.

A viagem de barco de El Calafate até a Estancia pelo Canal Upsala é um passeio memorável. A natureza esbanja sua fartura de texturas, formatos e cores. Partimos logo cedo e, quando o sol aparece, revela a cor verde peculiar de lagos glaciares.

Estancia Cristina em fotos

Icebergs, nuvens lenticulares, lago glacial e Cordilheira dos Andes. Cenário perfeito na Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Icebergs, nuvens lenticulares, lago glacial e Cordilheira dos Andes. Cenário perfeito na Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Close up do Glaciar Upsala, uma das maiores geleiras da América Latina. Foto: Adriana Lage

Close up do Glaciar Upsala, uma das maiores geleiras da América Latina. Foto: Adriana Lage

Um dos passeios mais agradáveis que me lembrarei na Patagônia Argentina é passear na margem do Lago Cristina. Foto: Adriana Lage

Um dos passeios mais agradáveis que me lembrarei na Patagônia Argentina é passear na margem do Lago Cristina onde fica o píer. Foto: Adriana Lage

O hotel oferece clima hospitaleiro e tranquilo num cenário grandioso onde se preserva a história local.

A Patagônia Argentina refletida na janela do bangalô no hotel Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

A Patagônia Argentina refletida na janela do bangalô na Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Quarto amplo e aconchegante, no clima de fazenda na Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Quarto amplo e aconchegante, no clima de fazenda na Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Decoração simples e aconchegante na Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Decoração simples e aconchegante na Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Guardo na lembrança este momento de contemplação da paisagem patagônica. Foto: Adriana Lage

Guardo na lembrança este momento de contemplação da paisagem patagônica. Foto: Adriana Lage

Na cama, vendo os raios do sol tingindo o pico das montanhas nevadas ao amanhecer na Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Na cama, vendo os raios do sol tingindo o pico das montanhas nevadas ao amanhecer na Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Chá, café e uma cadeira na varanda. Tudo o que precisamos num hotel na Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Chá, café e uma cadeira na varanda. Tudo o que precisamos num hotel na Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Clima de fazenda nas construções da Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Clima de fazenda nas construções da Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Queijo e presunto de parma, combinação que eu adoro como entrada no restaurante da Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Queijo e presunto de parma, combinação que eu adoro como entrada no restaurante da Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

Logo atrás do Octógono, o bosque de álamos é perfeito para ler um livro após o almoço. Foto: Adriana Lage

Logo atrás do Octógono, o bosque de álamos é perfeito para ler um livro após o almoço. Foto: Adriana Lage

Por do sol na Patagônia Argentina tardio na primavera. Foto: Adriana Lage

Por do sol na Patagônia Argentina tardio na primavera. Foto: Adriana Lage

Estábulo da Estancia Cristina, Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Estábulo da Estancia Cristina. Foto: Adriana Lage

O antigo galpão de tosquia abriga o museu da família da Estancia Cristina e da Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

O antigo galpão de tosquia abriga o museu da família da Estancia Cristina e da Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Coloração nas rochas identifica as eras glaciares da Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Coloração nas rochas identifica as eras glaciares da Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Imensidão sem fim do Glaciar Upsala se derretendo no Lago Guillermo. Foto: Adriana Lage

Imensidão sem fim do Glaciar Upsala se derretendo no Lago Guillermo. Foto: Adriana Lage

O verde estonteante do Lago Cristina visto do alto do Cerro Carnero. Foto: Adriana Lage

O verde estonteante do Lago Cristina visto do alto do Cerro Carnero. Foto: Adriana Lage

No topo do Cerro Carnero, o hotel desaparece no vale da Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

No topo do Cerro Carnero, o hotel desaparece no vale da Patagônia Argentina. Foto: Adriana Lage

Estancia Cristina em fotos: Simplicidade da paisagem inóspita da Patagônia Argentina na Estancia Cristina a qual o homem se adaptou. Foto: Adriana Lage

Simplicidade da paisagem inóspita da Patagônia Argentina na Estancia Cristina a qual o homem se adaptou. Foto: Adriana Lage

Estancia Cristina em fotos

um hotel destino para se conectar com a natureza

Quando ir à Estancia Cristina

A Estancia Cristina abre apenas seis meses por ano, entre 15 de outubro a 15 de abril.

Durante o outono e o inverno , entre 16 de abril a 14 de outubro, ele permanece fechado em virtude da dificuldade de acesso à região.

Onde fica a Estancia Cristina

A Estancia Cristina etá localizada a 3h de barco a partir do Porto Punta Banderas. a noroeste de El Calafate,

Como chegar à Estância Cristina

Chega-se à Estancia Cristina apenas de barco.

Pegue um voo de Buenos Aires até El Calafate, cera de três horas de duração.

Ao chegar em El Calafate, o carro da Estancia te aguarda para levá-los até o Porto Punta Bandera. Após suma hora de estrada bastante cênica, são mais três horas de navegação pelo canal do Lago Argentino.

O cruzeiro em meio a paisagens lindíssimas já te conecta com o espírito patagônico.

Quem leva

A Leroy Viagens cria roteiros especializados para a Patagônia Argentina. Entre em contato:

Roberta Leroy: [email protected]

Fones e Whatsapp: 31 3143.1473 | 31 99119.1473

Site: leroyviagens.com.br

Clique na foto para não perder este artigo e salve-o no Pinterest para acessá-lo sempre que quiser.

Estancia Cristina em fotos incríveis, A Camminare Blog de Viagem by Adriana Lage

Estancia Cristina em fotos para você salvar no Pinterest

Acompanhe de perto o A Camminare

É só clicar no ícone.

Clique para seguir o Instagram @adri.lage Clique para seguir o Pinterest A Camminare Clique para seguir o Facebook A Camminare Clique para seguir o Youtube A Camminare
Viaje aqui também:

Estancia Cristina, hotel autêntico na Patagônia Argentina

Glaciar Upsala na Patagônia Argentina: 6 motivos para ir já

Onde ficar em El Calafate: Eolo Patagônia, hotel boutique dos sonhos

Planeje sua viagem

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.