Guia de Ekaterimburgo, Rússia, Transiberiana

Guia de Ekaterimburgo, a cidade russa na divisa da Europa e Ásia

Um guia de Ekaterimburgo completo pra você, a cidade asiática mais ocidental do país estabelecida aos pés dos Montes Urais, divisa natural entre a Ásia e a Europa. Ekaterimburgo ou Yekaterimburgo é a terra do último imperador da Rússia e onde nasceu Boris Yeltsin, o primeiro presidente russo.

A 4ª maior cidade do país onde habitam 1 milhão e meio de pessoas é moderna, vibrante e se orgulha de seu passado e tradições culturais.

História de Ekaterimburgo

Foi fundada no início dos anos 1700 pelo imperador Pedro, o Grande, com o crescimento da mineração na região dos Montes Urais e seu nome homenageia a imperatriz Catarina.

Os anos 1800 foram marcados pela corrida do ouro quando vários depósitos de pedras preciosas também foram descobertos, como ametistas, esmeraldas e safiras, tornando a cidade famosa e rica, reflexos traduzidos na arquitetura eclética de seus edifícios. Casas de madeira art-nouveau se misturam às mansões clássicas dos ricos mercadores, aos exemplares modernos do construtivismo dos anos 1920-30 e às grandiosas construções neoclássicas da era stalinista.

Nos anos 1900, outro boom aconteceu na região quando os alemães invadiram a Rússia e Stalin mandou desmontar as indústrias existentes no eixo São Petersburgo – Moscou e reinstalá-las aqui. Mais recentemente, o comércio finalmente cresceu e hoje Ekaterimburgo é considerada a joia da Rússia.

Apesar da capital dos Urais ser uma metrópole, tem um charme de cidade do interior que agrada quem vem de Moscou e São Petersburgo, com calçadas largas, esculturas e grafites espalhados por todos os lados, pequenos cafés e muitas lojas de varejo.

Seus muros coloridos demonstram o espírito criativo de Ekaterimburgo, que sedia o festival anual Stenograffia, o maior evento temático no país, e muda o visual urbano.

É uma das cidades do roteiro da viagem pela Transiberiana e vale a pena parar não só para sair um pouco do trem, mas porque ela tem construções belíssimas, ótimos restaurantes locais e foi palco de uma das tragédias mais marcantes da história russa, o assassinato dos Romanov, o último imperador Nicolau II e sua família.

Viaje mais: Viagem pela Transiberiana, guia completo para brasileiros
Igreja do Sangue Derramado em Ekaterimburgo, Rússia,
Igreja do Sangue Derramado em Ekaterimburgo, Rússia. Foto: Adriana Lage

Guia de Ekaterimburgo Completo

Principais Atrações: o que fazer em Ekaterimburgo

A cidade é compacta e as principais atrações podem ser conhecidas a pé seguindo a Red Line, uma linha vermelha turística pintada no chão com 6,5 km de extensão. O projeto foi desenvolvido em 2011 por cidadãos voluntários, historiadores, guias e blogueiros locais.

Ela abrange 35 pontos importantes da cidade, entre museus, edifícios históricos, esculturas, grafites e praças.

Peça o mapa da cidade com a Red Line no seu hotel ou baixe o áudio guide no celular para Iphone ou Androide no site ekbredline.ru. Disponível em inglês.

Red Line Tourist Guide, Ekaterimburgo, Rússia
A Linha Vermelha é um Guia de Ekaterimburgo para fazer sozinho. Foto: Adriana Lage

Obelisco Ásia – Europa

A Turquia não é o único país dividido entre dois continentes. Na Rússia, os Montes Urais foram usados como referência para definir a fronteira entre a Ásia e a Europa, assim como o Estreito de Bósforo, em Istambul, e o Mar Cáspio, nos idos do século XIX.

A 20km da cidade, fica um dos marcos desta fronteira continental na Rússia, um obelisco que simboliza o encontro das duas partes do mundo feito a partir de duas rochas. Uma fora trazida do ponto mais a oeste da Europa, Cape Rock, e a outra, do extremo asiático, Cabo Dezhnev.

Vale brincar de pisar nos dois continentes e pular de um lado para o outro. Lugar tradicional para fotos de casamento, nos fundos do marco, há uma cerca cheia de cadeados deixados por noivos.

Inscreva-se em nosso canal A Camminare no Youtube e inspire-se em nossos vídeos de viagem.
Obelisco Ásia Europa, divisa entre os continentes na Rússia
Obelisco Ásia Europa, divisa entre os continentes na Rússia, atração recomendada em todo Guia de Ekaterimburgo.

Igreja do Sangue Derarmado (Church on Blood)

Oficialmente denominada Igreja no Sangue em Honra de Todos os Santos Resplandecentes na Terra Russa (parece mais nome de príncipe inglês), está localizada no terreno onde os Romanov – o último imperador russo, Nicolau II, e sua família foram executados.

A casa onde ficaram exilados poucos dias antes de morrer foi demolida em 1977 a mando do governo a fim de acabar com as perguntas sobre o assassinato que começaram a surgir entre os cidadãos.

Restou o porão da residência, onde hoje há uma exposição sobre a família e uma homenagem a vários religiosos que pereceram durante as perseguições comunistas.

Acima do porão, ergue-se majestosa a igreja ortodoxa com suas paredes e domos internos em pinturas coloridas e folheadas a ouro retratando ícones cristãos e passagens bíblicas. É destino de peregrinação russa e em julho durante a celebração dos Dias dos Czares entre 15 e 17 de julho, uma procissão sai daqui em direção ao Mosteiro dos Mártires Reais Sagrados em Ganina Yama.

Este ano em especial comemora-se o centenário da morte e martírio dos Romanov e espera-se recorde de público para o evento.

Catedral Alexander Nevsky

Uma das catedrais ortodoxas mais bonitas que eu já vi, seu interior é deslumbrante. Domos folheados a ouro, altares entalhados e decorados com ícones religiosos desenhados em mosaicos de vidro que brilham. Note que nas igrejas russas as missas são atendidas em pé e não há bancos para os fiéis se sentarem.

Faz parte do complexo de um mosteiro de freiras. Na saída, entre na loja na construção à direita para ver o fino artesanato feito por elas.

Sevastyanov House

Antiga residência de um rico comerciante, mistura estilos arquitetônicos barroco, neogótico, clássico e mourisco, resultando em um edifício rendilhado belíssimo (foto de capa).

Sevastyanov House, Ekaterimburgo, Rússia. Foto: Adriana Lage
A melangerie arquitetônica da Sevastyanov House, Ekaterimburgo, Rússia. Foto: Adriana Lage

Ulitsa Vaynera

“Ulitsa” significa “rua” em russo. A rua de pedestres na versão de Ekaterimburgo, como a Arbat em Moscou. Uma das mais antigas da cidade, demarcava a fronteira da cidade. Famosa pelas lojas, é um passeio agradável onde você encontra várias esculturas e estátuas, incluindo uma de Michael Jackson.

Praça 1905

A praça central ainda tem paralelepípedos antigos, uma estátua de Lenin e fica em frente a um dos edifícios mais grandiosos de Ekaterimburgo, a sede da prefeitura, exemplo do neoclassicismo soviético. O relógio da torre tem diâmetro de 3,5m.

Monumento QWERT

Um grande teclado de computador às margens do Rio Iset, é 30 vezes maior que um teclado convencional. Criado para homenagear os profissionais de TI, hoje é ponto de encontro dos nerds da computação e um dos lugares mais fotografados da cidade. Se quiser “resetar” algum problema, é só pular nas teclas CTRL+ALT+DEL.

Monumento QWERT, presente em todo Guia de Ekaterimburgo.
Monumento QWERT, presente em todo Guia de Ekaterimburgo. Atrás, a casa inclinada em reforma.

Vysotskiy Business Center

O arranha-céu mais alto da cidade e, quiçá, da Sibéria, ergue-se a 206 metros de altura. É possível subir ao observatório no 52º andar para ter vista panorâmica da cidade. Aqui também fica o museu dedicado ao escritor Vladimir Vysotskiy.

Casa Central dos Correios e Marco Zero

O edifício construído no formato de um trator ainda abriga o correio da cidade. Ao lado da escadaria na entrada do prédio, há um círculo no chão que marca o centro geográfico da cidade, o quilômetro zero. Daqui inicia-se a contagem de toda as distâncias de Ekaterimburgo.

Aliás, o marco zero padrão para todas as cidades russas é sempre o endereço da primeira casa dos correios.

Plotinka, a represa de Ekaterimburgo, e o centro histórico

Foi aqui onde a cidade surgiu e onde fica seu coração. A represa de mais de 300 anos ganhou um baixo-relevo de ferro, pontes elegantes, uma fonte dançante e a área em volta é palco de eventos, como o Festival do Churrasco, que eu tive a sorte de participar.

Teatro de Balé e Ópera

Centenário, o teatro apresenta óperas e balés clássicos como o Lago dos Cisnes há mais de 90 temporadas e a Ópera Eugene Onegin há mais de 100!

Museu de História e Arqueologia dos Urais

Um dos edifícios na cidade de Chekistov, o museu se orgulha da posse do Big Shigir Idol, a escultura de madeira mais antiga do mundo, descoberta na Sibéria, com aproximadamente 9.500 anos!

Yeltsin Center

O museu tem exposições tradicionais e apresentações multimídia relatando a vida e a carreira do primeiro presidente russo, Boris Yeltsin, nascido em um vilarejo perto de Ekaterimburgo.

O centro enaltece o ex-presidente, mas é uma excelente oportunidade para entender o contexto político e social que transformou a Rússia nos anos 1990.

Aberto de 10h às 21h, fechado às segundas-feiras.

Upside Down House

Atração divertida, é uma casa decorada de cabeça para baixo e rende fotos hilárias.

Guias Turísticos em Ekaterimburgo

Fiz o tour com o Constantin, do Ekaterimburg Guide Center, formado em história, pessoa super carismática e com inglês excelente. Uma guia do grupo fala português.

www.ektb-guide.com – email: [email protected]

Quantos dias ficar em Ekaterimburgo

Se você deseja apenas ter uma ideia da cidade, um dia é suficiente para fazer o tour da Linha Vermelha pela manhã e visitar o Obelisco Ásia – Europa à tarde, seguindo as dicas de atrações deste Guia de Ekaterimburgo.

Dedique mais um dia se quiser conhecer os museus e teatros interessantes, como o Yeltsin Center, o Museu de Belas Artes (Fine Arts Museum) e o Museu de Arte de Pedras Preciosas.

Viaje mais: O que é o Tratado de Schengen e sua importância para viajar à Europa
Copa do Mundo 2018 em Ekaterimburgo, Rússia
Copa do Mundo 2018 em Ekaterimburgo, Rússia

Hotéis em Ekaterimburgo: onde ficar

É claro que neste Guia de Ekaterimburgo eu incluí sugestões de hotéis que atendam ao seu perfil de viajante.

Com sofisticação

Hyatt Regency Yekaterimburg, o hotel da rede Hyatt está presente na cidade.

Diárias a partir de RBL 15000. Veja as tarifas para as suas datas aqui.

Com conforto – escolha Adri Lage

Renomme, hotel boutique quatro estrelas super bem localizado, equipe atenciosa e quartos confortáveis com papéis de parede retratando cenas parisienses, um charme.

Diárias a partir de RBL 4500. Veja as tarifas para as suas datas aqui.

Siga @adri.lage no Instagram e acompanhe em tempo real minhas viagens pelo mundo.

🇧🇷🇬🇧A cara de felicidade quando chego num hotel após 20h de viagem de trem e encontro esta suíte linda no @renommehotel, inspirada na França retrô, uma cena de Paris pintada em toda a parede e móveis antigos charmosos. Sou apaixonada por hotéis boutique e quando eu gosto de um lugar, eu divulgo mesmo, porque quero ver vocês empolgados como eu. Já senti que meus dias aqui em Ekaterinburg, uma das cidades que sediará a Copa do Mundo, ficarão na memória! Doida para explorar a cidade, mas antes vou tomar meu chá e descansar nesta cama deliciosa porque este trecho da viagem de trem acabou com minhas energias. Balançou muito, descompensou meu labirinto e não dormi direito. ⚽Começa agora nova fase da viagem pelas Cidades da Copa! Uhuuuu 🤸‍♀️!!! . . 🇷🇺 Se você perdeu parte dos stories, clique na hashtag #AdriLageNaRússia para ver um resumo do que aconteceu até agora. . .

Uma publicação compartilhada por Adriana Lage -A Camminare Blog (@adri.lage) em

No estilo russo

Chekhov Hotel, hotel boutique três estrelas instalado numa mansão russa do século XIX no mesmo quarteirão do Renomme, homenageia o grande escritor russo Anton Chekhov.

Diárias a partir de RBL 4000. Veja as tarifas para as suas datas aqui.

Com economia

Hostel R.E.D. tem design moderno e quartos compartilhados amplos, separados em feminino, masculino e individual.

Camas a partir de RBL 400. Veja as tarifas para as suas datas aqui.

Restaurantes em Ekaterimburgo: onde comer

Uma bênção para os turistas que visitam a Rússia é que os restaurantes ficam abertos até tarde, diga-se até 23h, meia-noite!

Panorama A.S.P., novidade na cidade, o restaurante de cozinha japonesa e europeia fica no 50º andar do edifício Vysotskiy Business Center e oferece vistas da cidade como pano de fundo para as belíssimas apresentações dos pratos.

Endereço: Ulitsa Malysheva, 51

Cucina (Mediterrâneo e Russo) e Noble House (Asiático) são os dois restaurantes refinados do Hyatt Regency Yekaterinburg.

O Restaurante Cruchon e o Cafe Melange fazem parte do Renome hotel e oferecem opções francesas e russas num ambiente à la Provence aconchegante.

Nigora (НИГОРА) – café restaurante do Uzbequistão, é famoso pelos seus pratos fartos e saborosos. O ambiente lembra uma taverna antiga, o serviço é rápido e os preços, acessíveis.

Endereço: ул. Куйбышева, 55

Belmesi (БЕЛЬМЕСЫ) – no centro histórico da cidade, tem atmosfera agradável e menu caseiro também do Uzbequistão.

Endereço: просп. Ленина

Ponte junto à represa de Ekaterimburgo, Rússia. Foto: Adriana Lage
Ponte junto à represa de Ekaterimburgo, Rússia, onde marca o nascimento da cidade. Foto: Adriana Lage

Como chegar a Ekaterimburgo

De trem

A companhia ferroviária russa RZD vende passagens online no site oficial, mas a viagem é longa, entre 24 a 30 horas dependendo do trem que você escolher.

O bilhete na terceira classe começa com 2.500 rublos e na primeira classe chega a 13 mil rublos. Os valores flutuam conforme demanda.

https://pass.rzd.ru/main-pass/public/en

De avião

O Aeroporto Internacional Koltsovo é o portão de entrada e saída do país e fica a 17km do centro da cidade, 20 minutos de carro.

O trem Koltsovo Express liga o aeroporto à Estação Ferroviária Central de Ekaterimburgo.

Fuso Horário

Ekaterimburgo está duas horas à frente de Moscou (UTC+5).

Clima em Ekaterimburgo

Temperatura

Os meses mais quentes vão de junho a agosto, com mínimas de 11 graus e máximas de 24 graus Celsius.

Março e setembro são meses intermediários, com máxima de 18 e mínima de 6.

Abril e outubro vêm os termômetros chegarem a zero.

De novembro a março, as temperaturas despencam e ficam abaixo de zero, com médias de -17.

Chuva

De maio a outubro chove pelo menos durante metade do mês.

Novembro a abril são meses secos, com no máximo 6 dias de chuva.

Dia x Noite

No alto inverno, em dezembro, Ekaterimburgo tem 6 horas de claridade, entre aproximadamente 9h e 16h.

No alto verão, é o oposto. São seis horas de escuro, entre 22h e 04h da manhã.

Guia de Ekaterimburgo: Copa do Mundo 2018

A Arena de Ekaterinburg será palco de quatro jogos da Copa do Mundo. É o único destino do mundial na parte asiática da Rússia. O estádio é considerado monumento nacional, construído nos anos 1950 em estilo neoclássico stalinista.

Foi reformado e arquibancadas provisórias foram instaladas para se adequar ao público do mundial, com capacidade para 35 mil torcedores.

Como a cidade é compacta, se você se hospedar no centro poderá ir a pé para o estádio. Ônibus estarão à disposição em várias rotas se você preferir.

Não será permitido entrar com:

⛔Fogos de artifício

⛔Animais

⛔Instrumentos Musicais

⛔Faixas

⛔Bebidas

⛔Capacete

⛔Animais

⛔Malas

⛔Armas

Os jogos que acontecerão aqui estão no horário de São Paulo:

15 de junho, 11h

Egito x Uruguai

21 de junho, 14h

França x Peru

24 de junho, 14h

Japão x Senegal

27 de junho, 13h

México x Suécia

Planeje sua viagem acompanhando todas as dicas do A Camminare no Pinterest, divididas por país ou temas, e não perca as novidades!

Clique na foto para não perder este artigo e salve-o no Pinterest para acessá-lo sempre que quiser.

Guia de Ekaterimburgo, Rússia, Transiberiana, A Camminare Blog de Viagem by Adriana Lage
Guia de Ekaterimburgo, Rússia e Transiberiana
Viaje aqui também:

100 maravilhas do mundo construídas pelo homem

Meu casamento russo na Sibéria

O que fazer em Viena: Roteiro de 3 dias completo!

Planeje sua viagem:

Compre Chip de internet pré-pago
Encontre passagens aéreas baratas
Reserve hotéis em promoção
Compre ingressos sem fila
Contrate seguro viagem com desconto
Veja todos os nossos serviços


Incentive nosso trabalho! É muito importante para nós! Ao contratar os serviços dos nossos parceiros pelos nossos links, você paga o mesmo valor se comprasse diretamente com eles, ganha até descontos exclusivos em alguns momentos e ainda nos ajuda a manter o site funcionando e atualizado, porque ganhamos uma pequena comissão na venda.

O artigo “Guia de Ekaterimburgo, a cidade russa na divisa da Europa e Ásia” apareceu primeiro aqui no site A Camminare.